Receba as atualizações

Seguidores

#NovasIdeiasPoa

Diego Hamester
Porto Alegre, RS, Brazil
A nossa vida, esta rodeada por luta e conquista de espaço, este blog mesmo que seu alcance seja pequeno, é mais um território que a juventude ganha, um blog pessoal sim, mas a serviço do coletivo.
Visualizar meu perfil completo
sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Galera da Oscar Coelho levanta suas bandeiras!

* Por Igor de Fato Dir. de Jovens Trabalhadores da UJS



Estudantes do Ensino Médio Noturno da Escola Estadual Oscar Coelho de Souza, do Bairro Lami de Porto Alegre/RS apresentaram ontem (25/08) propostas para a conquista de trabalho decente, transporte público, saneamento e oportunidades para a juventude de uma comunidade esquecida pelo poder público no extremo sul da capital gaucha. 

Os estudantes da Escola Oscar Coelho realizaram ontem (25/08) uma Conferência Livre de JuventudeO tema do debate foi Juventude, Trabalho Decente e Cidade, e foi organizado por Tayara Maronesi e Igor Pereira, diretores estaduais da União da Juventude Socialista, que apresentaram para os jovens os objetivos e o funcionamento da Conferência e expuseram sobre o tema da palestra. 

Trabalho decente exige educação e conciliação com outras atividades 
Igor Pereira, Diretor de Jovens Trabalhadores da UJS, falou sobre os desafios da juventude para conquistar um trabalho decente. Boa parte dos estudantes presentes conciliava o estudo com o trabalho, como o caso de Marcelo Colombili, que relatou trabalhar no comércio de segunda a segunda. "Um trabalho decente para a
juventude é um trabalho que permite tempo para a família, estudo, lazer. O caso do Marcelo se repete milhares de vezes, mas nem todos os jovens tem a persistência de continuar estudando como ele tá fazendo. Trabalho decente para a juventude passa por redução da jornada para 40h, regulamentação do trabalho comerciário aos domingos e outros mecanismos que facilitem a conciliação do trabalho com estudo e outras atividades", defende Igor. 

A importância da educação foi enfatizada. "Quanto menos escolaridade vocês tiverem, menos chance vocês vão ter de conseguir um trabalho decente. Quantos de vocês tem amigos que já abandonaram os estudos?", perguntou Igor para os estudantes. A maioria dos presentes levantou a mão. "A educação é essencial para garantir o acesso dos jovens ao trabalho decente. Por isso, vocês aqui da escola devem se somar a luta dos estudantes e trabalhadores de 10% do PIB para a educação, e mais vagas em IFET's e iniciativas de educação profissional", argumentou o palestrante. 

Novas idéias para Porto Alegre 
A psicóloga Tayara Maronesi, secretária municipal de organização da UJS, enfatizou a importância dos jovens proporem soluções para os problemas da juventude. "Pensem nas soluções para os problemas que vocês enfrentam no dia-a-dia, porque essas soluções é que podem ser as novas ideias para organizar Porto Alegre". A aluna Bruna Lopes relatou o problema de falta de transporte público, asfalto e acesso a lazer que a juventude do Lami enfrenta. "Falta tudo aqui. Temos que ficar um tempão na parada esperando o ônibus depois das aulas", relata ela. A Conferência Livre da escola aprovou como prioridade mais investimento municipal com aumento de linhas de ônibus, saneamento básico e acesso a lazer e qualificação. 

Compromissos da Conferência Livre 
A Conferência Livre da Escola Oscar Lopes apontou prioridades para a Conferência de Juventude, e ainda outros encaminhamentos, como a fundação do grêmio estudantil da escola e a participação dos estudantes nas etapas municipal e estadual da Conferência de Juventude. A coordenadora pedagógica da escola Cláudia Becker avaliou positivamente a realização do evento. "Eles ficaram empolgados, é muito bom que os estudantes participem dessas atividades", avalia. O vice-diretor notuno da escola Alexandre Batista agradeceu aos palestrantes pela atividade. "Esse evento planta uma semente que tenho certeza que germinará e trara frutos positivos para os jovens do Lami", afirma.
quarta-feira, 24 de agosto de 2011

#NovasIdeiasPoa no Lajeado

B-girls do Restinga Crew junto com a Dep. Manuela, no seminario Novas Ideias pra contruir a Porto Alegre que queremos.


Conferência Livre na Restinga

Hoje pela manhã, mais de cem estudantes do ensino médio da escola Raul Pila participaram da Conferência Livre de Juventude que debateu Juventude & Desenvolvimento, e pensou novas ideias para dar respostas ao que os participantes apontaram como o´principal problema para a juventude na região: as drogas e a violência. Os jovens levantaram a necessidade de haver mais ensino técnico e profissionalizante, oferta de prática esportiva e cultural.

A UJS é organizadora das Conferências Nacional e Estadual de Juventude e está organizando centenas de conferências livres por todo o país. Em Porto Alegre, estão previstas para acontecerem mais de 30 conferências livres em escolas, universidades, bairros, etc.

 #NovasIdeiasPoa
No dia 10 de setembro, será realizado, ainda, uma ConferÊncia Livre que pretende sistematizar os debates realizados por toda a cidade. Essa etapa irá subsidiar a construção de um Plano Municipal de Juventude, que será entregue aos candidatos(as) à prefeitura de Porto Alegre em 2012. A Conferência Livre #NovasIdeiasPoa contará com a presença da deputada federal Manuela D´Avila.





Ticiana Alvares
Presidenta UJS RS
Directora de Solidariedad Internacional
quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Até quando esperar???

Por Titi Alvares


 A juventude é a etapa da vida em que construímos nossos caminhos que darão os rumos à vida. Por isso, muitos dizem que somos o futuro. O protagonismo da juventude nos principais episódios da nossa história e os avanços democráticos do Brasil na última década superaram essa visão apenas de "futuro".

Somos o presente, porque cada decisão dos jovens impacta de forma decisiva durante toda a sua vida. Por isso, o debate sobre as políticas públicas é tão importante. Ganha relevância ainda maior, quando a juventude atinge seu maior percentual da nossa população e portanto, mais do que nunca, será a grande definidora do país que teremos. Somos 50 milhões de jovens em todo o Brasil que podem fazer o país avançar e se desenvolver no presente, ou mantê-lo o eterno "país do futuro".

Apesar disso, a cidade de Porto Alegre finge não perceber essa potencialidade. Acompanhamos recentemente o descaso da Prefeitura com a Vila Bom Jesus, uma das mais populosas da cidade, com cerca de 35 mil habitantes. A região estava prevista para receber uma das Praças da Juventude, projeto do Governo Federal que constroi complexos de lazer, práticas esportiva e cultural em locais de grande vulnerabilidade social. Mas a Prefeitura de Porto Alegre não apresentou o projeto para receber a praça, prevista em 1,5 milhão de reais. Solicitou um novo prazo para apresentação do projeto e ganhou mais quatro meses. E novamente não apresentou o projeto. Agora, será devolvida a verba aos cofres da União.

A prefeitura disperdiçou a oportunidade da prática do esporte, do acesso ao lazer e à cultura. Ignorou a possibilidade da comunidade da "Bonja" conviver em um ambiente saudável, de paz. A essa juventude, restou o que sempre teve: o acesso à violência e ao mundo das drogas. A política pública oferecida aos jovens da Bonja é a polícia e a truculência.

Infelizmente, a prefeitura de Porto Alegre dá distintas demonstrações de que não entende o papel estratégico da juventude para a cidade. São sucessivos atestados de incompetência tanto na gerência da Secretaria Municipal de Juventude e no Projovem, quanto nas políticas que auxiliariam parcela dos jovens a terem alternativas ao caminho das drogas e da criminalidade. Somos os jovens as principais vítimas do tráfico e da violência urbana. Com esse presente, não há futuro!

Resistiremos a esse descaso mostrando que onde há investimento na juventude, há desenvolvimento. Cobraremos do Prefeito Fortunatti essa e outras faturas, mobilizando a juventude nas ruas e nas urnas!